Onu estima que cerca de 820 milhões de pessoas passam fome no mundo

Em mensagem divulgada ontem (16), a Organização das Nações Unidas afirmou que cerca de 820 milhões de pessoas passam fome no mundo. Segundo o secretário-geral da ONU, António Guterres, a comunidade internacional precisa se comprometer “com um mundo sem fome, em que todas as pessoas tenham acesso a uma dieta saudável e nutritiva”. De acordo com o secretário-geral, em cada grupo de nove pessoas, uma “não tem o suficiente para comer”. Continuar lendo “Onu estima que cerca de 820 milhões de pessoas passam fome no mundo”

Rio inicia campanha Paixão de Ler

A Prefeitura do Rio, através da Secretaria Municipal de Cultura, lança nesta quarta-feira (17), a 26ª edição do Paixão de Ler, campanha de incentivo à leitura e promoção da literatura. De 17 de outubro a 11 de novembro, o público vai mergulhar num universo de histórias, temas e reflexões em uma programação com mais de 100 atividades, entre oficinas, exposições, debates, saraus, contação de histórias, palestras e encontros com escritores. Com agenda para crianças e adultos, a programação é inteiramente gratuita e será realizada em bibliotecas e equipamentos culturais da Secretaria Municipal de Cultura. Continuar lendo “Rio inicia campanha Paixão de Ler”

Duque de Caxias promove ação para o Outubro Rosa

Em Duque de Caxias, outubro também será marcado pela prevenção do câncer de mama e terá ações voltadas para as moradoras. O diagnóstico precoce ainda é o maior aliado para o tratamento eficaz do câncer de mama. Quando identificado cedo pode ser tratado, impedindo que o tumor alcance outros órgãos. Continuar lendo “Duque de Caxias promove ação para o Outubro Rosa”

TSE reúne equipes de Bolsonaro e Haddad para discutir e combater as fake news

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, remarcou para hoje (17), a reunião com os coordenadores das campanhas dos candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). No encontro, previsto para às 19h30, em Brasília, estarão na pauta notícias falsas veiculadas especialmente nas mídias sociais. O tribunal chamou os partidos a assinarem um acordo contra essas notícias, reforçando a equipe que monitora essa prática e agora tenta um pacto entre os dois candidatos para evitar a disseminação de fake news. Para os ministros do TSE, as notícias falsas podem afetar a credibilidade do pleito. Haddad chegou a propor um acordo com o adversário para evitar as fake news, mas Bolsonaro recusou, via mídias sociais.

Novo medicamento contra Hepatite C é incorporado ao SUS

A portaria do Ministério da Saúde publicada ontem (17) no Diário Oficial da União incorpora o medicamento Sofosbuvir em associação ao Velpatasvir para o tratamento da hepatite Crônica no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). De acordo com a publicação, o prazo máximo para o medicamento ser efetivado na rede pública é de 180 dias. A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec) informou que o tratamento da doença com o medicamento é bastante favorável e cômoda ao paciente. “Além disso, a medicação trata todos os genótipos do vírus da hepatite C e, dependendo da condição clínica dos pacientes, o tratamento pode durar 12 semanas com alta eficácia e segurança”, destacou a comissão. Continuar lendo “Novo medicamento contra Hepatite C é incorporado ao SUS”

Bolsonaro e Haddad discutem no Twitter

Os candidatos à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) protagonizaram uma discussão no Twitter na tarde desta terça-feira (16). Tudo começou com uma postagem do Bolsonaro em que chamava Fernando Haddad de “fantoche de corrupto”, pelo fato do petista ter assumido os erros de governos passados. Bolsonaro falou que que era “conversa para boi dormir”.1

O petista respondeu à postagem chamando seu adversário para o debate. Já que o candidato do PSL ainda não confirmou se comparece ou não nos debates. Bolsonaro respondeu falando que “quem conversa com poste é bêbado”.

2

Haddad respondeu de forma provocativa com uma imagem do debate:

3

Brasil tem mais de 2,5 milhões de professores

O Censo Escolar de 2017, apontou que 2,5 milhões de pessoas atuaram como docentes na educação básica, 2.192.224, e superior,  349.776, no Brasil. Os dados foram divulgados ontem (15), pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).  Do total de docentes da educação básica revelados pelo censo, 1.909.462 atuam na zona urbana e 345.604 na zona rural. A maioria é feminina – 1.753.047 –, sendo 594.012 entre 30 a 39 anos de idade. Os homens são 439.177, dentre esses, 161.344 na faixa etária de 30 a 39 anos. Desse grande universo, 1.717.545 professores possuem formação de nível superior, sendo 1.626.403 em curso de licenciatura. Dos 349.776 docentes em exercício ou afastados, 340.027 estão atuando. Continuar lendo “Brasil tem mais de 2,5 milhões de professores”

Governo volta atrás e horário de verão começará no dia 4 de novembro

O Palácio do Planalto informou ontem (15) que o início do horário de verão voltará a ser no dia 4 de novembro, cancelando o adiamento anunciado no início do mês. Geralmente, o horário de verão começa em outubro, mas foi adiado para novembro em virtude do segundo turno das eleições. Continuar lendo “Governo volta atrás e horário de verão começará no dia 4 de novembro”

Conmebol terá México e EUA em 2020

A Libertadores poderá ter novidades a partir de 2020. A Conmebol já iniciou conversas para o retorno dos clubes mexicanos e a inclusão inédita de equipes da Major League Soccer, a liga dos Estados Unidos. Ainda não há nada definido, nem mesmo se a entrada dessas equipes significaria um aumento no número de clubes ou a perda de vagas para as equipes da América do Sul. A informação foi divulgada ontem (15) pela ESPN. Continuar lendo “Conmebol terá México e EUA em 2020”

O Ministério Público irá apurar a falta de troco nos ônibus cariocas

Desde a mudança na tarifa para R$ 3,95, os passageiros começaram a reclamar que é raro receberem os R$ 0,05 de troco. Segundo o Sindicato dos Motoristas e Cobradores de ônibus do Rio de Janeiro (Sintraturb Rio), a culpa não é dos motoristas, e que, é cada vez maior o número de motoristas que denunciam serem obrigados a sair das garagens sem o dinheiro para o troco.

“Para acabar não se indispondo com o passageiro, eles às vezes dão R$ 0,10 de troco. Porém, no final do dia, a prestação de conta acaba não batendo e eles precisam assinar um vale com o valor de diferença para serem descontados no fim do mês”, diz Sebastião José, do sindicato.

Para o Ministério Público, as empresas acabam lucrando irregularmente com esse valor não devolvido aos passageiros. A 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva e Defesa do Consumidor e do Contribuinte do MPRJ ressaltou que o serviço tem “lesado os consumidores, uma vez que o valor da tarifa não é arredondado para menos ou reduzido, a fim de facilitar o troco. Com isso, motoristas e cobradores não devolvem valores, e as empresas acabam lucrando irregularmente”.

A RioÔnibus publicou uma nota informando que a mepresa está empenhada em garantir o abastecimento de moedas para fornecer o troco em toda sua frota. “O Consórcio lembra ainda que o passageiro também pode optar pelo uso do cartão RioCard. Com ele, o usuário pode recarregar todas as passagens do mês pelo site (recargafacil.riocard.com); máquinas de recarga espalhadas nas estações de BRT, metrô e VLT; e lojas da própria rede, podendo fazer o uso de cartões de débito, boleto bancário ou dinheiro”, disse a nota.

Categorias rio