Aprovada a resolução que permite que médicos façam consultas, diagnósticos e cirurgias online

Aprovada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e publicada na próxima semana, a resolução que permite a profissionais da área da saúde fazerem consultas, diagnósticos e cirurgias online.  A saída dos médicos cubanos do programa Mais médicos, deixaram muitas cidades distantes ficaram sem atendimento, a nova medida poderá ajudar bastante. O relator, Aldemir Soares, garante que a publicação da medida agora é apenas uma coincidência e não tem relação com a saída dos médicos estrangeiros: “Isso pode se aplicar nesses casos. Além disso, era uma falácia dizer que habitantes de comunidades distantes eram atendidos o tempo todo. Parte dos profissionais passava apenas um período do mês nessas comunidades”. Continuar lendo “Aprovada a resolução que permite que médicos façam consultas, diagnósticos e cirurgias online”

Anúncios

17 presos do Rio de Janeiro são aprovados em faculdades públicas

Dos 986 inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio, 17 internos do sistema penitenciário do Rio de Janeiro conseguiram ingressar no Ensino Superior de Engenharias, Matemática, Turismo e Farmácia, pelo Sisu. Aqueles que estiverem cumprindo pena no regime semiaberto poderão, com autorização do Juiz da Vara de Execuções Penais, sair para estudar durante o dia e voltar na parte da noite. Continuar lendo “17 presos do Rio de Janeiro são aprovados em faculdades públicas”

Apesar da reforma do ensino médio, matriculas para tempo integral ficam abaixo da meta do governo anterior

Após a reforma do ensino médio e o lançamento de um programa para expandir o número de matriculas em tempo integral nesse ciclo da educação básica, o governo Michel Temer elevou em 41,8% o número de estudantes que ficam sete horas por dia na escola. Entretanto, não bateu a meta que ela mesma se impôs: em 2018, segundo dados do Censo Escolar divulgado hoje (31), as matrículas no ensino integral representavam 9,5% do total de estudantes matriculados no ensino médio. A expectativa é que chegassem até 13% no fim do ano passado. Continuar lendo “Apesar da reforma do ensino médio, matriculas para tempo integral ficam abaixo da meta do governo anterior”

Com oferta recorde, ProUni abre inscrições para 243.888 bolsas no ensino superior

Estão abertas a partir de hoje(31), as inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni), referente à primeira edição de 2019. Os estudantes que sonham em ingressar no ensino superior e desejam fazê-lo por meio do programa têm até as 23h59 do dia 3 de fevereiro( horário oficial de Brasília), para tentar uma das bolsas disponíveis. O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 6. O cronograma de atividades está disponível na página do Prouni na internet. Continuar lendo “Com oferta recorde, ProUni abre inscrições para 243.888 bolsas no ensino superior”

Rio de Janeiro adota quatro medidas prioritárias para melhorar o ensino público estadual

Pensando na melhoria da educação no Rio de Janeiro, a secretaria de Educação irá adotar quatro medidas prioritárias para a rede pública estadual. Segundo o secretário da Educação, Pedro Fernandes, o foco está em reduzir o déficit de professores, recompor as equipes pedagógicas, construir novas escolas e qualificar professores. Continuar lendo “Rio de Janeiro adota quatro medidas prioritárias para melhorar o ensino público estadual”

Governo cria área na saúde para dar atenção à doenças raras 

Foi anunciado ontem (23), pelo governo federal, a criação da Coordenação Nacional dos Raros, que irá dar acompanhamento a situação de pacientes diagnosticados com doenças raras como Síndrome de Turner, lúpus eritematoso sistêmico, hipotireoidismo congênito, escleroso múltipla, fibrose cística, entre outras doenças. Quem cuidará da divisão é a Secretaria Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, que é vinculada ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH).

Segundo o Ministério da Saúde, acredita-se que existam entre 6 mil a 8 mil tipos diferentes de doenças raras em todo o mundo. Estimativas dão conta de que, somente no Brasil, aproximadamente 13 milhões de pessoas sofram com alguma enfermidade assim classificada. Um quadro de saúde é considerado raro quando afeta até 65 pessoas em cada 100 mil indivíduos, ou seja, 1,3 de cada 2 mil indivíduos.

A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, ressaltou a importância da nova coordenação na solenidade de criação da nova unidade. “A inclusão e qualidade de vida das pessoas com síndromes e com doenças raras, além das pessoas com surdez e outras deficiências, com quem me identifico tanto, são a minha bandeira, esta é a minha luta. Reafirmo aqui que o Poder Público pode e deve agir ainda mais por estas pessoas no estudo e na disseminação do conhecimento sobre essas doenças e síndromes”, disse.

Fonte: Agência Brasil.

Ministério da Saúde estuda formas de regularizar permanência de médicos cubanos no Brasil

O Governo Federal está estudando formas de regularizar a permanência de médicos cubanos que queiram ficar no Brasil. Desde o fim do programa Mais Médicos,  em novembro do ano passado, o Ministério da Saúde vem tentando articular para que a atenção básica à saúde seja fortalecida. Ainda não se tem um número certo de cubanos interessados em permanecer no Brasil. Para isso, o MS aguarda receber a informação do escritório brasileiro da Organização Pan-americana de Saúde (Opas), que é a intermediadora do acordo. Continuar lendo “Ministério da Saúde estuda formas de regularizar permanência de médicos cubanos no Brasil”

MEC diz que notas de corte do Sisu serão divulgadas em quatro horários

O Ministério da Educação informou em nota divulgada na noite de ontem (22), que foram adotadas todas as medidas para resolver a lentidão no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O ministério comunicou ainda que as notas de corte de cada curso serão divulgadas em quatro horários: 7h, 12h, 17h30 e 20h. Nas edições passadas, a divulgação ocorria à meia-noite do segundo dia de inscrição. Continuar lendo “MEC diz que notas de corte do Sisu serão divulgadas em quatro horários”

Confirmação de vagas para escolas estaduais começa amanhã

Os estudantes das escolas estaduais devem ficar atentos. Os alunos que participaram da 2ª fase de pré-matrículas devem confirmar a vaga, entre os dias 23 a 25 de janeiro, diretamente na unidade escolar selecionada. Foram 102.762 inscritos, segundo a Secretaria de Estado de Educação (Seeduc). Em 2018, o número de cadastrados era de apenas 98.443.

Para confirmar a inscrição, os estudantes deverão levar:

Certidão de Nascimento ou Casamento;
Carteira de Identidade;
CPF, se possuir;
Histórico Escolar ou Declaração da última unidade de ensino em que estudou, constando a série para a qual o aluno está habilitado;
Carteira de Identidade e CPF do responsável legal, no caso de menor de 18 anos;
Laudo comprobatório de deficiências declaradas (se for o caso); e Comprovante de Residência.

Para quem não conseguiu se inscrever dentro dos prazos e pretendem estudar em uma escola estadual ou mudar de unidade, de turno ou de curso, haverá uma nova oportunidade. A partir do dia 30 de janeiro, os alunos deverão realizar um cadastro online, no site www.matriculafacil.rj.gov.br, e participar de uma lista de espera. Onde poderão escolher de uma a três opções, entre escolas, turnos e cursos de sua preferência. Se houver vaga, a unidade entrará em contato para a confirmação da matrícula.

Desempenho escolar

Segundo o levantamento do Sistema de Avaliação de Educação Básica (Saeb), a qualidade do ensino médio no Rio de Janeiro piorou. Os dados mostram que o 65% dos alunos da rede estadual têm dificuldade em distinguir informações em notícias ou entender ironia em algum texto. Em matemática, 67% dos alunos não sabem entender percentuais ou compreender áreas e medidas e estão abaixo do nível esperado.

Enquanto a nota dos alunos na rede particular aumentou em 13 pontos em português, e 27 em matemática. Os da rede pública tiveram uma queda de sete pontos em língua portuguesa e cinco em matemática.

Primeiro dia de Sisu registra 309 mil inscrições 

Mais de 166 mil candidatos se inscreveram no Sistema de Seleção Unificado (Sisu), conforme balanço divulgado na manhã de hoje (22). O primeiro dia de candidatura às vagas de graduação em universidades públicas do país, entre às 0h e as primeiras horas da manhã foram contabilizadas pelo MEC mais de 309 mil inscrições. Isso representou uma média de duas mil inscrições por minuto, conforme balanço divulgado pela equipe de monitoramento. Na ocasião, cerca de 40 mil candidatos estavam acessando o sistema e cada um deles pode se inscrever em até dois cursos de ensino superior. Continuar lendo “Primeiro dia de Sisu registra 309 mil inscrições “