Davi Alcolumbre afirma que a Casa deve votar Reforma da Previdência em três meses

Em entrevista dada à GloboNews, o novo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), afirmou nesta terça-feira(04), que a Casa deve votar a proposta da reforma da Previdência Social em três meses. “No Senado, a gente sente dos senadores também o desejo, na sua ampla maioria, de que a reforma passe, que a gente possa virar essa página no Brasil em relação a combater esses privilégios e poder dar para as pessoas um Estado mais eficiente”, afirmou Alcolumbre. Continuar lendo “Davi Alcolumbre afirma que a Casa deve votar Reforma da Previdência em três meses”

Anúncios

Sérgio Moro apresenta projeto anticrime

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, apresentou na tarde desta segunda-feira(04), o projeto de lei contra a corrupção e anticrime. O projeto altera, ao todo, 14 leis entre o código Penal, o Processo Penal e Eleitoral, além das legislações que tratam de crimes hediondos. O objetivo é combater efetivamente três frentes principais: corrupção; crime organizado e crimes violentos. O projeto será enviado pelo governo ao Congresso Nacional., ara que deputados e senadores possam aceitar ou não, as medidas. Continuar lendo “Sérgio Moro apresenta projeto anticrime”

Prefeito do Rio suspende novamente cobrança de pedágio da linha amarela

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, publicou hoje (01), no Diário Oficial do Município, o novo decreto que suspende a cobrança do pedágio no sentido Fundão da Linha Amarela. A medida vale por 19 meses e tem como objetivo refazer o equilíbrio econômico-financeiro do contrato de concessão. A decisão saiu após uma apuração feita que foram encontradas cobranças irregulares por parte do consórcio LAMSA, que administra a Linha Amarela, que somam R$ 225 milhões. Continuar lendo “Prefeito do Rio suspende novamente cobrança de pedágio da linha amarela”

Escolha do presidente do senado conta com disputa inédita

Um novo Senado Federal começa a funcionar nesta sexta-feira (1), a partir das 15h, com a posse de 54 parlamentares que terão mandato de oito anos. O número corresponde a dois terços da Casa, e o terço restante é formado por 27 senadores que iniciaram o mandato em 2015 e ainda têm quatro anos de trabalho legislativo pela frente. Além da estreia dos novos parlamentares os senadores deverão escolher os ocupantes de 11 cargos da Mesa Diretora: o presidente, dois vice-presidentes, quatro secretários e quatro suplentes de secretários. Continuar lendo “Escolha do presidente do senado conta com disputa inédita”

Rogério Marinho confirma a inclusão dos militares na Reforma da Previdência  

Durante jantar promovido pelo Centro de Liderança Pública (CLP), o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, confirmou nesta quarta-feira(30), que os militares farão parte da proposta de reforma da Previdência que será entregue ao Congresso Nacional.  “Vai entrar, mas quem vai definir o timing é o presidente”, informou o secretário. Continuar lendo “Rogério Marinho confirma a inclusão dos militares na Reforma da Previdência  “

Brumadinho: Justiça bloqueia mais R$ 800 milhões da empresa Vale

A Justiça do Trabalho determinou o bloqueio de mais R$ 800 milhões nas contas da empresa Vale. O objetivo é assegurar pagamentos e indenizações trabalhistas a vítimas do rompimento da barragem da Mina do Feijão, em Brumadinho. Ao todo, a Vale já teve cinco bloqueios de recursos, totalizando R$ 12,6 bilhões. Também foram impostas obrigações de arcar com custos de sepultamento, manutenção de pagamentos de salários a trabalhadores vivos e familiares de mortos e desaparecidos. Além disso, foi determinado a entrega de documentos para a instrução do inquérito e apuração das condições de segurança na mina de Brumadinho.

Fonte: G1.

Apesar da reforma do ensino médio, matriculas para tempo integral ficam abaixo da meta do governo anterior

Após a reforma do ensino médio e o lançamento de um programa para expandir o número de matriculas em tempo integral nesse ciclo da educação básica, o governo Michel Temer elevou em 41,8% o número de estudantes que ficam sete horas por dia na escola. Entretanto, não bateu a meta que ela mesma se impôs: em 2018, segundo dados do Censo Escolar divulgado hoje (31), as matrículas no ensino integral representavam 9,5% do total de estudantes matriculados no ensino médio. A expectativa é que chegassem até 13% no fim do ano passado. Continuar lendo “Apesar da reforma do ensino médio, matriculas para tempo integral ficam abaixo da meta do governo anterior”

Caxias dará espaço para o 1º Meeting Intersetorial da Baixada Fluminense

A cidade de Duque de Caxias recebe, nesta quinta-feira (31), o 1º Meeting Intersetorial da Baixada Fluminense, promovido pelo Sebrae Rio. O evento, que tem apoio da Prefeitura de Duque de Caxias e do Conselho Regional de Contabilidade do Rio de Janeiro, será realizado na Biblioteca Municipal Gov. Leonel de Moura Brizola (Praça do Pacificador – Centro), das 9 às 18h. Direcionado ao micro e pequeno empresários, o encontro vai debater inovação, empreendedorismo, gestão, marketing, mercado e cenário econômico com empresários de diversos segmentos. O objetivo é abordar as principais tendências dos setores empresariais mais pujantes da Baixada Fluminense – moda, beleza, construção civil, comércio varejista, serviços, petróleo e gás. Continuar lendo “Caxias dará espaço para o 1º Meeting Intersetorial da Baixada Fluminense”

Presidente do STF autoriza Lula a se encontrar com família após enterro do irmão

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, autorizou nesta quarta-feira (30), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a deixar a prisão para se encontrar com familiares em São Bernardo Campo (SP). O motivo pelo qual a defesa de Lula fez o pedido foi para acompanhar o enterro do irmão Genial Inácio da Silva, que morreu na manhã de ontem (29), aos 79 anos, vítima de um câncer. Entretanto, o sepultamento ocorreu antes da liberação de Toffoli. Continuar lendo “Presidente do STF autoriza Lula a se encontrar com família após enterro do irmão”

Petrobras, Caixa e BB deverão permanecer estatais no novo governo

Segundo o secretário de Desestatização e desinvestimentos do Governo Federal, Salim Mattar, apenas a Petrobras, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal deverão permanecer como empresas estatais. A afirmação foi na manhã de hoje (29), durante um evento do banco Credid Suisse, em São Paulo. Salim também acrescentou que o ministro da Economia, Paulo Guedes, também está de acordo.

O objetivo do atual governo é levantar entre US$ 700 e US$ 800 bilhões para os cofres públicos com a extinção de todas as estatais federais. A união tem hoje 138 estatais sob sua gestão. O Ministro da Economia, Paulo Guedes, tem como meta levantar US$ 20 bilhões com a privatização dessas empresas ainda esse ano.

Também foi levantado por Salim sobre os correios. “Os Correios são uma empresa complexa que se transformou neste gigante difícil de ser privatizado”, afirmou. Segundo Salim, diferente das 36 subsidiárias da Petrobras, empresas como correios, tem difíceis problemas de gestão e são vistas como desafios para alcançar a meta do governo.

Fonte: G1.