A pandemia de Covid-19 é algo que ainda vem afetando todo o mundo. Após 7 meses de proliferação do vírus, uma melhora é esperada em escala mundial. Os países China, Estados Unidos, Rússia e Austrália estão evoluindo em suas pesquisas na descoberta de uma vacina, trazendo esperança para a sociedade que vem se adaptando à nova realidade ocasionada pela pandemia.

Os russos começaram os testes da vacina com humanos e tiveram um ótimo resultado. A primeira etapa contou com 38 voluntários para os testes. Agora, faltam mais duas etapas para que a vacina possa começar a ser produzida em massa. Assim como na Rússia, mais três estão em andamento, são elas: ChAdOx1, produzida pelo laboratório da Universidade de Oxford, que está fazendo testes no Brasil, e as Astrazeneca e Coronavac, ambas criadas pelo laboratório chinês Sinovac.

(Foto: Jornal de Brasilia/reprodução)

A Austrália vem tendo avanço na busca de uma vacina criada pela Universidade de Queensland. O primeiro testes em humanos foi realizado com 120 voluntários, em fevereiro, contra um outro vírus o Sars-cov-2 e seus resultados foram excelentes.

Apesar de estar em suas fases de testes, as pesquisas e avanços na medicina já possibilitam a esperança de um fim próximo para essa pandemia. Mesmo assim, o resultado dos estudos e a efetivação de uma vacina são pontos incertos.