Com passar dos anos e com o desenvolvimento da tecnologia muitas mudanças aconteceram. Seja na forma que usamos para nos comunicar ou até mesmo na forma que consumimos os conteúdos literários.

Os aplicativos de leitura online vem ganhando cada vez mais espaço no mundo dos apaixonados por literatura. A ideia de durabilidade, já que não existe o risco de rasgar ou amassar as páginas, valor mais acessível, facilidade de ter na palma da mão diversos livros e não ter nenhuma posição especifica de segurar o aparelho é o que mais chama atenção dos consumidores que optam pela praticidade.

Mas também existem as desvantagens como ter um tempo estimado de leitura, já que a bateria do aparelho é limitada, a sensação de cansaço na visão pelo fato do aparelho emitir luz e a falta de concentração que é gerada pelas notificações dos outros aplicativos do aparelho, que pode fazer a pessoa parar a leitura para conferir a mensagem.   

Mesmo com o aumento de aplicativos que possibilitam a leitura online, os livros físicos não perderam espaço no coração e na estante dos apaixonados por literatura. Seja pela leitura fácil, o contato com o material ou pela possibilidade de se desligar do mundo virtual.

A leitura melhora o funcionamento do cérebro, estimula a criatividade, melhora a escrita e o vocabulário. Toda forma de leitura, seja ela virtual ou física é válida, o importante é praticar.

Texto produzido por Rafaela dos Santos, aluna do 7º período de Jornalismo, supervisionado por Leandro Lacerda.