A Semana Mundial do Meio Ambiente na Baixada Fluminense

Celebrado em mais de 100 países, a Semana Mundial do Meio Ambiente é comemorada de 1 e 5 de junho. No Rio de Janeiro, diversos mutirões de limpeza nas praias aconteceram neste final de semana. Segundo um estudo divulgado em 2018, pelo Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo (IO-USP), em parceria com o Instituto Socioambiental dos Plásticos (Plastivida), mais de 95% do lixo encontrado nas praias brasileiras é composto por plásticos, na maioria por garrafas, copos descartáveis e canudos.

Em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, não poderia ser diferente, já que o município é coberto por mais de 50% de área verde. Para celebrar a data, entre os dias 4 e 7 de junho, a prefeitura da cidade vai realizar diversas ações em todo município. Para abrir, no dia 4, a Biblioteca Leonel de Moura Brizola, a partir das 13 horas, será palco de palestras com depoimentos e conscientização, informações sobre recursos hídricos e sustentabilidade, caça ilegal e tráfico de animais, consumo consciente de energia elétrica, resíduos sólidos urbanos e meio ambiente. Além de receber a Orquestra Tubônica, do corpo de ballet da Escola Municipal Márcio Fiat e do Grupo Luar Sem Limites. Para saber mais sobre a programação, acesse o link: https://bit.ly/2WEry3f

Nos últimos anos, o interesse por uma vida mais sustentável aumentou. Segundo ao site Google Trends, a pesquisa das palavras “canudo sustentável” e “atitude sustentável”, tiveram um aumento de mais de 100%. Stella Coelho, 22 anos, adepta do canudo sustentável, alerta para a utilização dos talheres próprios, ecobags para diminuição de sacolas plásticas e levar seu copo para diminuir os recicláveis.

A compra em brechós também começou a fazer parte de uma vida de diminuição do consumo e, não é mais algo feito apenas para caridade e doações de roupas e sim, um movimento de um público que quer fugir das lojas de fast fashion para um movimento mais sustentável e uma nova forma de pensar na produção exagerada de roupas. Bruna Araújo, estudante de jornalismo é uma destas pessoas que estão abrindo mão de grandes lojas de departamento por um bom e velho brechó. “Além de diminuir o consumo de roupas e diminuir a quantidade de lixo, os brechós oferecem peças boas e de qualidade por um preço baixo”, disse a jovem de 22 anos.

E para os adeptos dos brechós, acontece neste sábado (08), das 10 às 17, na Praça do Direitos Humanos, em Nova Iguaçu, a quarta edição do ‘Eventovintagebxd’, que reúne diversos brechós, pequenos negócios na área de artesanato, gastronomia e muita música. Para saber mais informações, acesse: https://www.facebook.com/events/2313706862069526/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s