Data do horário de verão pode ser adiada por conta do Enem

O Ministério da Educação (MEC) está aguardando a resposta de Temer sobre o adiantamento do horário de verão, que está previsto para começar no dia 4 de novembro, no primeiro domingo de provas do Exame Nacional do Ensino Médio. Segundo entrevista dada à Agência Brasil, o ministro da Educação, Rossieli Soares, o presidente Temer está sensibilizado. “O presidente ficou muito sensibilizado, entendeu que é muito importante. [Ele] está recebendo os estudos técnicos do Ministério de Minas e Energia sobre o impacto disso e, quando tiver todas as informações, vai tomar a decisão. A gente espera que seja nos próximos dias”, disse.

Dez estados e o Distrito Federal adiantam o relógio em uma hora no horário de verão. “Temos situações de mudança de horário que podem acarretar prejuízo para os alunos da Região Norte, que ficam com fuso horário de três horas de diferença, o que dificulta ainda mais a alimentação e outras coisas”, ressalta o ministro da Educação. “Tenho certeza que ele [Temer] terá um olhar especial para que os alunos tenham mais tranquilidade para fazer a prova. É uma prova sempre que traz muita tensão para o estudante”.  Serão 5,5 milhões de pessoas nesse ano que farão o Enem. No primeiro dia do exame, no dia 4, serão aplicadas as provas de linguagens, ciências humanas e redação. A aplicação terá 5h30 de duração. No segundo dia, dia 11, haverá provas de ciências da natureza e matemática. Os estudantes terão cinco horas para resolver as questões.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s