Estudar após os 30 anos: uma realidade para mais de 2 milhões de brasileiros

Em um país onde a taxa de analfabetismo e analfabetismo funcional atinge a 12,9 milhões de pessoas, a entrada nas escolas e Universidades, por muitas vezes acontece de forma tardia para milhões de brasileiros. Pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em 2012, indica que 2 milhões de pessoas acima de 30 anos ingressaram no curso superior, ou seja, um em cada três estudantes que se matriculam, tinham mais de 30 anos.

Um exemplo dessa realidade é a empresária Maria da Penha Tibúrcio, de 55 anos, moradora de Cachoeiro de Itapemirim, no Espirito Santo. Cursando Psicologia desde o início do ano, Maria terminou o ensino médio, mas não tinha condições financeiras. Aos 20 anos acabou casando e se dedicou a ser mãe, mas nunca abandonou o desejo de voltar a estudar. Sobre a emoção de retornar os estudos, ela revela: “Tive muita ansiedade, porque eu estava fora de sala de aula há mais de 36 anos. Senti um frio na barriga, coisa que muito tempo não sentia. Muita expectativa, achei que não iria acompanhar a turma. Senti muito medo! ”

Muitas pessoas que decidem voltar, ou começar a estudar depois da vida adulta, encontram muitas barreiras e preconceitos por parte da própria família e colegas de classe, mas para a futura psicóloga foi diferente, “Minha família foi a primeira a me incentivar. Meu esposo me fez surpresa! Foi quem fez minha matrícula para o vestibular! Meus filhos são super orgulhosos da mãe! Pretendo ir até o fim! ” Comemorou.

Já Sônia Valeria, moradora de Duque de Caxias, voltou a estudar para dar incentivo às suas filhas e ampliar seus conhecimentos. Valeria voltou para a escola com 45 anos, concluiu o ensino médio e logo depois começou a fazer o curso de técnico de nutrição. Ainda nos conta que teve que parar os estudos quando mais nova porque na época, teve que trabalhar e não dava para conciliar estudos e trabalho. “A melhor coisa que me aconteceu foi adquirir em primeiro lugar, mais conhecimento, depois foram as grandes amizades que ficaram até hoje, e isso não tem preço, é muito bom, muito bom mesmo” desabafou. Hoje, aos 50 anos, Sônia Valeria pretende ir para a universidade, mas nesse momento os cuidados com sua mãe é uma prioridade.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em pesquisa realizada no ano de 2010, 1.815.242 pessoas com mais de 30 anos, estavam cursando o Ensino Fundamental, sendo 124 mil pessoas com mais de 50 anos. Já no Ensino Médio, são 1.723,817 pessoas, com mais de 30 anos. A volta para dentro da sala de aula é sempre uma variável, são inúmeros fatores. Para Silvio Aluíso Marques, 58 anos, voltar a escola foi motivada pelo desejo de acompanhar os filhos, “eu via meus filhos estudando e a minha vontade era justamente acompanhar para ficar a par dos assuntos” revelou emocionado. Silvio, filho mais velho de seis irmãos, não conseguia conciliar os estudos com o trabalho, parou de estudar aos 17 anos. Apaixonado pelas línguas portuguesa, inglesa e espanhola, sonha em entrar para a faculdade de Letras. Enquanto não realiza o seu sonho, espera seu filho mais velho concluir formar-se administrador e sua filha mais nova ingressar na faculdade.

Já Elana Neves de Jesus, de 43 anos, também moradora de Duque de Caxias, decidiu retornar ao Ensino médio em 2013, aos 39 anos. Ela retornou porque queria concluir essa fase de sua vida interrompida por conta de uma gravidez.  A maior dificuldade foi estudar na mesma sala que muitos adolescentes, “eu queria estudar e eles só brincar. No final contornei as coisas e até fui eleita representante de turma”, revela Elana. Hoje, pretende cursar a graduação de Serviço Social.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s